sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

BIG BROTHER

Ninguém precisa ser um “expert” em inglês para saber o que significa essa expressão inglesa: “Big Brother”. Big: Grande. Brother: Irmão. Ou seja, “Grande Irmão”.

Não, eu não farei uma apreciação crítica sobre o que você está pensando. Mas, ao contrário, falarei de coisas importantes, ou seja, um pouquinho do que realmente é ser um “big brother”, morar com grandes irmãos, dividir comunidade 24 horas por dia, e não por alguns meses, mas, por vários anos, ao menos 10 anos.

Eu tenho “grandes irmãos”. Alguns são grandes no tamanho, outros no peso, mas, todos eles são grandes no ideal, no coração, no desejo de servir ao Senhor e à Igreja.

Há 10 anos entrei na Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus. Junto comigo, entraram outros vários. Nossa turma já foi de 48 pessoas. Hoje, somos em 15.

Desses, 13 são diáconos e 2 se preparam para o diaconado. Nós sim somos grandes irmãos. Sonhamos juntos, buscamos um mesmo ideal juntos, enfrentamos desafios e dificuldades juntos. Às vezes discutimos, brigamos... Mas, não deixamos nada ser maior do que a nossa busca, do que o nosso ideal. Sabemos ceder, sabemos perder. Não porque somos melhores, mas, porque Aquele que seguimos nos ensinou que é preciso ceder e perder para poder ganhar aquilo que realmente vale à pena.

Não buscamos ganhar um milhão e meio de reais, mas, o prêmio que buscamos, vale mais do que qualquer montante de dinheiro. Nossa recompensa é incalculável. Não a queremos somente para nós. Queremos dividí-la com você!

Só um “grande irmão” é capaz de dar o melhor para o outro.

Divido com vocês o que hoje tenho de melhor: Meus “grandes irmãos”. Queremos que você também seja nosso irmão, nossa irmã.

Queremos dar para você aquilo que temos experimentando em nossas vidas. Há 15 dias fizemos votos perpétuos e ficamos diáconos. Sei que posso dizer por todos eles que ter ficado diácono tem sido uma experiência ímpar em nossas vidas.

Queremos fazer a diferença. Queremos ser sinais concretos de Deus na sociedade, porém, sinais concretos de Deus na sua vida. Não queremos chegar a você por câmeras que nos vigiam 24 horas. Mas, queremos chegar a você como canais e instrumentos do Deus que nos une e que nos garante que n’Ele, todos somos “grandes irmãos”, porque somos seus filhos, filhos do “Grande Pai”, ou se preferir, filhos do “Big Father”.

Deleitem-se com a foto dos “grandes irmãos”.


Big abraço carinhoso e fraterno.

4 comentários:

  1. que Deus abençoe vc e os seus, melhor, nossos irmãos. Sejam felizes e ajudem a outros a encontrarem a verdadeira felicidade: Deus! Um abraço no seu coração, mano.P Bruno

    ResponderExcluir
  2. Isso ai..Big Ricardo..vamos viver o que é real...e nos da felicidade...
    parabéns pela sua vocação Deus te abençõe sempre..
    queremos te ver na nossa paróquia viu...nosso padre é uma benção de Deus...ou melhor um presente de Deus

    ResponderExcluir
  3. Carlos Alberto dos Santos9 de março de 2010 15:10

    Diacono Ricardo,
    Realmente esta é uma ferramenta muito importante nos dias de hoje, sendo bem utilizada.
    Você deu mais um exemplo de como aproveitar a tecnologia, como faz na sua vida, passando sua experiência de vida, estive na ordenção de todos vcs, é um momento muito especial para vcs, familiares e nós leigos. Que Deus abençoe a cada um de vcs, e que o Veneravél Pe. Dehon conduza a Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jeus.
    Beto (Amigo do Coração)

    ResponderExcluir
  4. Gostei do pensamento e da expressão de sua felicidade nestas palavras... continue sendo esse maravilhoso dom de Deus em meio a uma sociedade complicada...

    Saudades de vc

    Forte abraço

    ResponderExcluir